Quitação da dívida com prazo maior, juros menores e descontos à vista é seu direito!

By: admin0 comments

Você sabia que, a partir do primeiro dia de atraso da dívida, o seu CPF já pode passar a constar em cadastros de inadimplentes, como o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e a Serasa? Após consultar a situação do seu nome, é possível que as empresas se recusem, por exemplo, a conceder linhas de crédito.

Você não poderá solicitar empréstimos, obter financiamentos e parcelar as compras no comércio, além de ter complicações na hora de comprar ou alugar um imóvel.  Com o nome sujo, você também corre o risco de, a qualquer momento, sofrer uma cobrança na Justiça, podendo inclusive ter alguns objetos penhorados.

As únicas formas de regularizar o nome são pagando o débito integral ou fazendo uma renegociação da dívida. No primeiro caso, é necessário pagar a quantia atrasada por inteiro. No segundo, em “substituição” ao débito, é possível negociar novos prazos e taxas de juros.

No entanto, é importantíssimo barganhar as melhores condições de pagamento, porque, infelizmente, é muito comum a prática de juros abusivos por parte de alguns credores. Nessas horas, contar com um especialista que conhece as soluções legais para regularização do débito faz toda a diferença.

A empresa credora precisa ser abordada com firmeza. Por Lei, ela tem a obrigação de repassar os valores da dívida atualizados, oferecer uma proposta de quitação do débito com prazo maior, juros menores e descontos para pagamento à vista. É o seu direito de consumidor.

Clique aqui e faça agora mesmo a análise do seu CPF. O nosso time de especialistas entrará em contato com você.

Related post

Leave A Comment